sexta-feira, 22 de maio de 2009

Virgínia Woolf fala sobre o sentir-se doente

Virginia Woolf escreveu:

"Considerando como a doença é comum, como é tremenda a mudança espiritual que traz, como é espantoso quando as luzes da saúde se apagam, as regiões por descobrir que se revelam, que extensões desoladas e desertos da alma uma ligeira gripe nos faz ver, que precipícios e relvados pontilhados de flores brilhantes uma pequena subida de temperatura expõe, que antigos e rijos carvalhos são desenraizados em nós pela ação da doença, como nos afundamos no poço da morte e sentimos as águas da aniquilação fecharem-se acima da cabeça e acordamos julgando estar na presença de anjos e harpas quando tiramos um dente, vimos à superfície na cadeira do dentista e confundimos o seu "bocheche... bocheche", com saudação da divindade debruçada no chão do céu para nos dar as boas-vindas - quando pensamos nisto, como tantas vezes somos forçados a pensar, torna-se realmente estranho que a doença não tenha arranjado um lugar, juntamente com o amor, as batalhas e o ciúme, por entre os principais temas da literatura".

Este é um trecho de seu livro "Acerca de estar doente".

Virginia Woolf foi uma das mais importantes escritoras britânicas. Ela sofreu de doença mental desde a adolescência, apresentando episódios depressivos associados ocasionalmente a sintomas psicóticos (alucinações auditivas). Durante as fases depressivas ficava acamada, recusando qualquer alimento, com idéias delirantes de culpa e de auto-referância, além de sintomas somáticos (intensas cefaléias que a incapacitavam para qualquer atividade intelectual).

Em 1941, após diversas tentativas de suicídio, num episódio grave de depressão, Virginia Woolf se afogou em um rio, no Sussex, Inglaterra.


2 comentários:

Radeka disse...

OLÁ! ADOREI A VISÃO QUE VOCÊS POSSUEM DO "LEITOR"... MESMO ALERTANDO QUE QUEM ESCREVE É MAIS LEITOR DO QUE ESCRITOR, MAS ISTO É OUTRA QUESTÃO. ACONTECE É QUE ESTOU NO QUARTO SEMESTRE DE LETRAS E ESTOU COM DIFICULDADE EM GERATIVISMO. VOCÊ TERIAM ALGUM TEXTO QUE PODERIAM ME INDICAR? CASO TENHAM E QUEIRAM ME AJUDAR, PODEM ENVIAR UMA MENSAGEM PARA O lenitivocultural.blogspot.com

GRATO, RADEKA

Cássia & Rilva disse...

Olá, Radeka! Teríamos enorme satisfação em te ajudar, se fôssemos da área de Letras também e até conhecêssemos "gerativismo". Aqui escrevem uma médica e outra da área de tecnologia... Leitoras compulsivas. Mas iremos pesquisar e entraremos em contato.
Abraço!