sexta-feira, 9 de maio de 2008

"Zadig ou o destino" - Voltaire

Livro de fácil leitura, que tem como personagem Zadig, homem virtuoso, que possui senso de justiça e inteligência. De primeiro ministro do rei da Babilônia, é condenado à morte, foge, torna-se escravo, andarilho, tem em seu caminho passagens de amores traídos, decepções, que não tiram sua honra e sabedoria, tampouco a vontade de reencontrar seu amor conquistado, tampouco a pureza que possui. Deixa-nos a pensar no destino, tipo "o que seria se não tivesse sido?..."
O autor fala da monarquia, burguesia, a avareza, inveja, amizade, valores humanos, conhecimento.

"[As paixões] são como ventos que enfunam as velas do barco. Elas o submergem às vezes, mas sem elas não se poderia singrar. A bílis o torna colérico e doente, mas sem a bílis o homem não poderia viver. Tudo é perigoso neste mundo e tudo é necessário" (Grifo nosso)

"Os maus são sempre infelizes: servem para pôr à prova um reduzido número de justos espalhados sobre a terra e não há mal do qual não resulte um bem"

Download: Zadig - Voltaire

Um comentário:

aja-2003 disse...

Sempre quis ler "Zadig", de Voltaire. Este livro inspirou a criação do Método Zadig. Agora que estou aposentada e me lembrei aqui deste belo livro prá ler, vou procurá-lo.